quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Sossego do espírito


A alguma necessidade de andar por ai procurando justificativas para amenizar erros cometidos? A sociedade não vai parar de apresentar culpados, de demonizar inocentes, de construir barreiras cada vez mais altas para o pensamento coletivo e individual. O sossego não nascerá de uma hora para outra, o sossego virá quando todos entenderem que o sistema estatal é o grande opressor da maioria e o principal obstáculo para a claridade das ideias e o sossego do espírito.

Vandalizam nosso direito ao saber e instituem como princípio a idiotia tecnológica, e o abobalhamento pelos meios de comunicação em massa. Me parece tarde de mais, na verdade me parece ociosa qualquer transformação que vise o aparecimento de novos conceitos, de novas fórmulas para felicidade ou seja lá o que torne a vida menos enfadonha. Talvez Roger Waters cante mais uma vez “The Tide Is Turning”, mas a maré nunca vira, estão virando as costas para nós, para todos nós, onde repousaremos nossas cabeças cheias de dúvidas e medos, onde repousar tantas cabeças confusas?

A maré não está virando Waters, a maré não está virando: o que você tem a dizer sobre isso? O segredo tão bem guardado soluça entre cada ideal, o segredo manipulável da industria do consumo, o segredo proibido da guerra ao terror, o mendigo sem sapato ainda dorme ao relento, a menina que cantava no coral da igreja cresceu e hoje odeia Jesus Cristo. A maré não está virando Waters e estamos todos caminhando lentamente para o silenciar maior.       


2 comentários:

  1. Quanto mais sabemos mais infeliz nos sentimos...

    É mais feliz o ignorante que o Sábio ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai depender do momento que cada um se encontra.

      Excluir