sábado, 27 de outubro de 2012

Observações

Poucos são os seres que nascem para arte poética e menos ainda são aqueles que conseguem distribuir em poucas linhas a verdades das coisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário