sábado, 27 de outubro de 2012

A arte de derribar pedestais - III

Toda nossa construção do existir baseou-se até agora em conceitos mumificados do saber. O mundo sempre foi levado a crer, sempre foi conduzido para a “água em vinho”, para “o pai, o filho e o espírito santo”, o ser humano sempre pensou para traz, logo, passa-se a enxergar de imediato certo parentesco com o caranguejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário