sábado, 12 de junho de 2010

Santuários de blasfêmias


Estão espalhados por todo planeta os santuários que expandem blasfêmias. Roma a mãe da mentira onde tudo começou com uma história pra la de frajuta, que o diga o tal Jesus que conseguiu fazer seu papel de ator principal perfeitamente. Na bíblia como todo fiel leitor e seguidor de suas paginas fantasiadas, estão infinidades de passagem da importância de ir à igreja e exercer a principal função dentre reles pecadores, doarem o dinheiro suado da semana inteira em busca de uma fé mesclada pelo fel da inverdade.


Este tipo de comercio bastante lucrativo vem crescendo assustadoramente no Brasil por conta de isenção de impostos, com a ajuda da palavra de um Deus e as artimanhas de cada padre, bispo, pastor, papa, etc. todos que participam desta casta podre, mofada e bem digerida pelas cabeças ocas de plantão. O que a nas igrejas que atrai tantas pessoas? Simples e fácil de responder: a história foi montada, bem montada por sinal coube aos falsos profetas administrarem de forma a colher grãos em troca de falsas ilusões. O que se encontram na maioria desses estabelecimentos são pessoas ínfimas de educação, incapazes de fazer uma digestão completa das metáforas contida na bíblia. Tem as que não sabem nem ler e mesmo assim andam com todo o entusiasmo ocupando parte inferior do braço com papeis rabiscado.
Se existe uma marfia completa e bem montada a igreja é a verdadeira, marfia das falsas vertentes, marfia na arte de enganar, iludir e extorquir, marfia de roubar. O que tenho a dizer sobre esses tais santuários que pensam pregarem verdade é que aqueles que se dirigem para esse lado estão indo direto para uma maquina de lavagem cerebral. Existem muitos sapientes nos assuntos religiosos omitindo a verdade que é freqüente nestes tipos de rituais, mas o dinheiro fala bem mais alto. E como sem distorcer as verdades, jamais existira lucro é bem melhor distorcer e ser feliz com a bíblia na mão.

Igreja em português vem do termo Eclésia que é uma palavra Grega que simplesmente quer dizer “estão fora” e se for imaginar quem se encontra dentro delas está fora diretamente e propositalmente das verdades que envolvem todas as religiões. Minha indignação não é nem isso tudo, mas o fato de os falsos profetas exporem, escancararem provas de suas ações frajutas na frente de fingidores que não querem de forma alguma aceitar a realidade diante de seu pobre corpo. Os fatos que levam ao o canal ou ao inicio de todas as porcarias pregadas através do nome do Deus quase acabado estão se mostrando com o passar do tempo e mesmo assim o Jesus histórico é ritualizado nas pregações de dízimos e orações.

Os falsos profetas, a bíblia, as igrejas, seus membros maiores e menores, a história contada e o principal fator entre todos. O tal Jesus de Nazaré. Toda está união de baboseiras forma o abismo dentro do circulo que diz respeito aos fatos míticos da religião. Este angu que nem desce nem apodrece é sarcasmo de toda uma camada buscando o que move o homem ocultação de verdades, capitalismo e banalidade.




"Os homens fortes e independentes, preparados e predestinados para o comando, nos quais se encarna a razão e a arte de uma raça dominante, vêem na religião um meio de vencer obstáculo para poder dominar".


                                                                                                       Friedrich Nietzsche


                                                                                               (Para Além do Bem e do Mal)

Nenhum comentário:

Postar um comentário